Da Redação

Após um tempo dentro de casa e planos de viagem cancelados, o turismo volta para a vida de muitas pessoas e quem ainda não viajou começa a planejar para qual destino irá.

Aproveitando este novo momento da pandemia, o estudo global ” A data- driven look at hosp i tality’s recovery “, da Oracle e Skift, mostra qual o panorama da América Latina para o setor, onde cerca de 38% dos entrevistados estão pensando em viajar nos próximos 3 a 6 meses

O relatório mostrou também que as pessoas estão optando por ficar mais perto de casa com viagens curtas de carro (50%) ou domésticas (37%). Além disso, a maioria (78%) afirma que se o país avançar na recuperação da pandemia eles terão mais disposição para viajar. 

Outro ponto importante é a demanda por facilidades na hora de alterar uma reserva (74%) ou de ter um reembolso (66%).

E a demanda por cuidado e saúde também aumentou: os consumidores apontam que é importante que os hotéis compartilhem procedimentos de segurança em relação ao vírus (86%), ter regras de distanciamento social (84%) e serviços com tecnologia sem contato (68%).

De acordo com Christian Guinzburg, Diretor Sênior de Hospitalidade da LAD & Caribbean, Oracle Hospitality, a tecnologia é uma grande aliada na proteção a vidas dos viajantes e funcionários de hospitalidade. “O cuidado é uma prioridade para os consumidores e o mercado está usando a tecnologia para facilitar o distanciamento social e reduzir a interação pessoal para proteger os hóspedes”, disse ele.

Para conferir todo estudo feito pela Oracle e Skift acesse o site, clicando aqui

Compartilhar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.