Por Vini Martins

Passageiros, frequentadores e funcionários do Aeroporto Internacional de São Paulo, em Guarulhos, já podem realizar o exame para Covid-19 no laboratório remoto instalado no saguão de embarque do Terminal 3. 

A ação, feita em parceria com o Laboratório CR Diagnósticos, faz com que o GRU seja o primeiro aeroporto brasileiro a oferecer este serviço no país.  

O exame oferecido, homologado pela Organização Mundial da Saúde (OMS), é a RT-PCR: um teste molecular que detecta o vírus através da análise de uma amostra de secreção nasal e da orofaringe, coletadas por meio de um swab. 

O laboratório garante que a coleta, análise, diagnóstico da doença e emissão de resultado saem em até 4 horas. Alguns países, como Portugal e França, exigem que os passageiros apresentem este tipo de teste para permitir a entrada em seus territórios.

“A iniciativa é mais uma facilidade e alternativa que o GRU Airport disponibiliza aos seus passageiros, principalmente, aos que têm destinos internacionais. O teste RT-PCR é exigido para entrada em diversos países e, agora, sem que seja necessário sair do Aeroporto”, destaca Gustavo Figueiredo, presidente da GRU Airport.

Com funcionamento 24×7, o laboratório realizará mais de 90 exames por hora e contará com uma equipe de mais de 40 profissionais, divididos em turnos. Qualquer pessoa que tenha a necessidade de realizar a RT-PCR pode se dirigir ao local com documento de identificação com foto (RG, CNH ou passaporte) em mãos e solicitar o exame que custa 350 reais. 

Em até 4 horas o cliente receberá um alerta por SMS, podendo visualizar o resultado pelo próprio celular ou receber a versão impressa do laudo, em dois idiomas, português e inglês, em um dos guichês do posto avançado de atendimento.

Compartilhar

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.