Da redação

Curaçao já está aberta para receber turistas!

A reabertura das fronteiras já começou e seguirá em fases, onde a primeira foi direcionada para as ilhas caribenhas de Bonaire, Santo Eustáquio, Saba, Aruba e Saint Maarten. 

Já a 2ª fase aconteceu no dia 1º de julho e foi focada em vários países, como Canadá, Bélgica, China, Alemanha, França, Itália, Espanha e Holanda. Nesse momento, os desembarques foram liberados para até 10 MIL visitantes/mês e provenientes dos destinos citados anteriormente.

Desde essa segunda fase, a Curaçao Tourist Board já contabilizou a entrada de mais de 2800 turistas dos Países Baixos e sem nenhum caso positivo de Covid-19. 

As demais fases serão avaliadas para liberar a entrada de países da América Latina e da América do Norte. “As discussões ainda estão em andamento, pois continuamos a adotar uma abordagem cautelosa, para melhor servir e proteger nossos cidadãos e visitantes”, afirma comunicado do Curaçao Tourist Board. 

Protocolos e novos cuidados

Para a reabertura da ilha, o governo de Curaçao criou o novo protocolo de hospitalidade chamado A Dushi Stay the Healthy Way” (“Uma Dushi Estadia de Forma Saudável“)

O documento é direcionado a todas as pessoas que ingressam na ilha e segue todas as normas e requisitos estabelecidos pela OMS.

Os visitantes que vêm das ilhsa de Bonaire, Santo Eustáquio, Saba, Aruba e Saint Maarten precisam preencher um formulário mostrando suas ilhas de origem.

Já os viajantes que vêm Canadá, Bélgica, China, Alemanha, França, Itália, Espanha e Holanda devem comprovar um teste de PCR negativo (realizado no máximo 72 horas antes da partida), um cartão de imigração digital e um formulário de localização de passageiros.

Todos os documentos e informações sobre estes procedimentos podem ser encontrados no site dicardcuracao.com

E para mais informações sobre os protocolos adotados por Curaçao, visite o site, clicando aqui.  

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.