Da Redação

A bicicleta é um dos brinquedos de infância que nos acompanha pelo resto da vida. Nos tempos atuais, está se mostrando um meio de transporte vem eficiente para os brasileiros das grandes cidades.

Já na Europa a bike é um meio de locomoção oficial há tempos. Pensando nisso, a Interpoint Viagens & Turismo apresenta 7 destinos para pedalar pela Europa, para sentir a mais pura brisa do vento e o charme dos locais.

1) Catalunha, Espanha

A Catalunha esconde belezas que vão muito além das feições marcantes da arquitetura local da capital Barcelona. É no interior da província que elas se escondem.

Para isso, abuse da rota do cicloturismo. Além de permitir a descoberta das belas paisagens de Vic, Moiá, Món Sant Bernet, Montserrat e Terrassa, também vai te levar para o Caminho de Santiago. 

Todas as rotas incidem em paradas estratégicas, como, por exemplo, um monastério milenar, romano, em Santa Maria del L’Estany.

2) Amsterdã, Holanda

Para os holandeses a bicicleta é um estilo de vida. Calcula-se, inclusive, a média de 1 bicicleta / pessoa. A capital conta com uma vasta e completa malha cicloviária, com semáforos, estacionamentos e terreno plano.

Boas sugestões de passeios, aliás, é o que não faltam: o Museu Van Gogh e o Vondelpark são ótimas dicas, mas nenhuma se compara ao pedalar na beira do Rio Amstel, contemplando os edifícios históricos da Câmara e do Arquivo Histórico, lar do luxuoso hotel Pestana Amsterdam Riverside.

3) Alentejo, Portugal

Nas terras “além do Rio Tejo”, a planície rural abre um imenso leque de opções para o cicloturismo, que passa por vastos campos de girassóis, videiras e oliveiras milenares.

Também passa pelos monumentos da ponta Sul do Império Romanos, como a cidade murada de Évora, o Templo de Diana, a Capela dos Ossos e a Igreja de São Francisco.

4) Cliffs of Moher, Irlanda

Quem preferir um cenário um pouco mais rústico e selvagem, as Falésias de Moher, no Condado de Clare é uma ótima opção. 

Entre as cidades de Dublin e Galway, a ciclovia tem 8 km de extensão ao longo da costa no Atlântico. São 200 metros de altura de trilhas mais difíceis. O terreno é escorregadio e com trechos de 40 cm de largura!!!

Dica: Ao se aventurar pelo destino, não se esqueça de dar uma passadinha na O’Brien Tower.

5) Vale do Loire, França

Assim como os holandeses, os franceses também nutrem uma paixão pela magrela. E uma simples voltinha de bike pelo país revela o motivo.

O melhor local é o Vale do Loire, interior da França: as tortuosas estradas, sem grandes elevações e com grandes cartões postais atraem mais de 700 K ciclistas por ano.

É um pólo do cicloturismo, porque passa por lugares como os castelos de Chenonceau, Chambord, Amboise e de Chinon.

6) Copenhagen, Dinamarca

Na capital dinamarquesa, estima-se que mais da metade da população realize tarefas rotineiras montados em bike.

Por apresentar uma das melhores infraestruturas de locação e de trânsito, quem se empolgar pode conhecer Copenhagen inteirinha de bike, passando por Nyhavn, Christiania, Kastellet, Rosenborg, Igreja de Mármore, Torre Redonda e o Palácio Real.

7) Sicília, Itália

Com cenários dignos de filme, pedalar pela Sicília propõe experiências inesquecíveis, como andar pelas formações rochosas do vulcão Etna, um dos mais altos e ativos do mundo.

Você também pode se perder pelos encantos de Corleone, cidade natal de Dom Corleone, personagem interpretado por Marlon Brando no clássico “O Poderoso Chefão”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.