Por Vini Martins
IG: @vinniciusmg

A primavera é considerada uma das estações do ano mais lindas, afinal é nela que nascem as flores e as ruas ganham um colorido diferente, deixando os dias mais leves. 

O período é excelente, também, para conhecer um novo destino. Confira abaixo 5 países da Europa onde você ficará maravilhado. 

Campos de lavanda, Provence – França

Difícil não se encantar com os belíssimos campos de lavanda da Provence, na França. O destino é parada quase que obrigatória durante a primavera/começo do verão para quem é apaixonado por flores e por paisagens incríveis. Caminhar ou até mesmo dirigir entre um campo e outro, com a janela do carro aberta, para sentir o aroma das flores e apreciar o cenário que inspirou tantos pintores impressionistas, como Cézanne ou Van Gogh, por exemplo, é uma experiência simplesmente fantástica. Uma vez no destino, experimente fazer a rota que liga Gordes ou Roussillon a Saul, a capital da Lavanda. O auge da floração dos campos é em junho, no começo do verão.

Keukenhof Gardens, Lisse – Holanda

Poucas coisas definem a Holanda tão bem quanto as suas icônicas tulipas e o festival das flores mais emblemático do mundo, no Keukenhof Gardens, em Lisse. São 32 hectares de canteiros de flores de múltiplas tonalidades e estilos para se perder, fotografar, contemplar e curtir o charme da estação mais querida e aguardada de toda a Holanda.

Mayfield Lavander, Banstead – Reino Unido

A 24 quilômetros de Londres, cerca de uma hora de carro, também é possível encontrar belos campos de lavanda em Mayfield Lavander, na cidade de Banstead. A cor roxa predomina os cercas de 10 acres da fazenda, que também se dedica ao cultivo de café e serve diversas receitas com ou sem alfazema na cafeteria local. Boa pedida, aliás, para o tradicional chá da tarde britânico, mas com uma pitada de lavanda no sabor… A atração é aberta todos os dias, de junho a setembro.

Funchal, Ilha da Madeira – Portugal

Segundo os próprios portugueses, é sempre primavera na Ilha da Madeira. E o clichê ou dito popular que corre pelo maior arquipélago pertencente a Portugal tem lá seu fundo de verdade. É possível avistar tapetes de flores endêmicas e plantas levadas pelos colonos ao longo dos séculos espalhadas por todo a extensão da ilha, que mede quase oito vezes mais que a capital Lisboa. O clima ameno, presente quase que de janeiro a janeiro, tornam a paisagem ainda mais colorida, linda e acolhedora sob qualquer ângulo ou perspectiva. 

Genebra, Suíça

Nem só de neve, canivetes, relógios, queijo e chocolates vive a Suíça. Genebra, a segunda maior cidade do país e uma das mais globalizadas de todo o velho continente também tem seu charme na primavera. Repleta de parques – há mais de 310 hectares de áreas verdes em mais de 50 parques, o que representa 20% da sua área urbana total – e com dias mais longos, a metrópole é um convite a caminhar despretensiosas por essas áreas, que quase sempre estão acompanhadas de algum museu.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.