Da Redação

Os organizadores do Brighton Pride, um dos maiores eventos LGBT + do Reino Unido, ainda esperam poder realizar a festa.  

A determinação dos organizadores em continuar com o evento vai contra as mais de 160 Paradas LGBT+ canceladas em todo o mundo, incluindo a do Brasil, que foi remanejada para o fim do ano.

Marcada para os dias 1 e 2 de agosto, em pleno verão, a Pride de Brighton acontecerá num momento em que se espera o fim da quarentena em todo o mundo.

Até o momento, o governo do Reino Unido proibiu reuniões de mais de duas pessoas. E as pessoas vulneráveis ​​no Reino Unido estão tendo que se isolar até meados de junho.

A expectativa dos organizadores do Brighton Pride, na costa sul da Inglaterra, é de que o verão traga ‘notícias mais brilhantes’. 

A nota dos organizadores:

“Com a situação atual em relação ao COVID-19 mudando rapidamente, continuaremos o planejamento de contingência e trabalharemos com nossas agências parceiras para oferecer um evento bem-sucedido”.

“Faltando vários meses, estamos seguindo as orientações do governo e continuaremos a revisar nossa posição regularmente e a implementar planos de acordo”.

“Gostaríamos de aproveitar esta oportunidade para agradecer e apoiar o pessoal do serviço de emergência e do NHS incrivelmente trabalhador que sempre é uma parte grande e importante do Pride”.

“Brighton e Hove Pride são eventos essenciais de captação de recursos para a nossa cidade e, embora não tenhamos uma bola de cristal, esperamos sinceramente que o verão traga notícias mais brilhantes para que todos possamos celebrar nossa maravilhosa comunidade”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.