Da redação

Os levantamentos econômicos de 2019 estão se encerrando. Basicamente, só falta o PIB, que sai agora em março.

O levantamento a seguir mostra as previsões feitas por economistas e entidades empresariais em dez/18 e jan/19 para o ano que se iniciava:

PIB: 0,89%

As previsões atuais do IBC-BR, calculado pelo Banco Central, mostra um crescimento de modesto de 0,89% e os mais otimistas falam em uma elevação de 1,3%.

A Confederação Nacional da Indústria estimava para 2019 alta de 2,7%, podendo alcançar até 3%. A FecomercioSP apostava em elevação de 3%. O Boletim Focus jogou a estimativa para 2,55%.

Mas o Oscar vai para José Márcio Camargo, economista da Genial Investimentos, interlocutor frequente de Paulo Guedes, que acreditava em um avanço de 3,5%!

Dólar: R$4,01

A última cotação de dezembro foi de R$4,01, mas o dólar sempre foi colocado muito para baixo, com previsões pra lá de otimistas.

Alessandra Ribeiro, economista e sócia da Tendências Consultoria, projetou dólar a R$3,75. Sergio Vale, economista-chefe da MB Associados, projetou R$ 3,80. O Boletim Focus estimava em R$ 3,80.

O vencedor do Oscar foi o banco Credit Suisse, que acreditava que, com Bolsonaro eleito, o dólar poderia cair para abaixo de R$ 3,50!!! O_O

Produção industrial: queda de 1,1%

Para a CNI, a indústria iria se expandir em 3%. O Boletim Focus, mais radical, estimava que a produção industrial cresceria 3,19%.

Os dois dividem o Oscar, pela magnitude do erro!!!

Pior que Temer >>> #VoltaTemer

Em 2018, o PIB calculado pelo Bancmo Central cresceu 1,15% e o PIB oficial, do IBGE, cresceu 1,3%.

Em 2017, o PIB do BC foi de 1,04% e o oficial, de 1,3%.

O índice calculado pelo BC para tentar adivinhar o PIB marcou alta de 0,89% para a economia em 2019. Logo, não vamos ficar surpresos se o número vier menos ainda… Guedes e companhia estão prestes a marcar mais um gol contra.

Kkkkkkkkkkkkkk

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.