Da Redação

A sociedade está sempre em buscas de respostas para perguntas complexas e nos últimos tempos as questões sobre a diversidade humana aparecem com mais força e, às vezes, até brutalidade.

Em um mundo de aparências e redes conectadas, as pessoas querem defender seu ponto de vista e suas verdades absolutas. Mas, será que elas entendem sobre a complexidade humana e os conceitos culturais e diversificados de cada ser?

Falar sobre você mesmo é difícil e falar sobre a cultura e a diversidade humana em geral é mais ainda, mas o Cientista social Julio Aurelio defende que a diversidade é o principal fator da felicidade humana, capaz de combater a onda de intolerância que ameaça as sociedades.

Foto: Divulgação

Mantendo esse pensamento, ele escreveu o livro “O Dom Cultural”, que foi editado pela Chiado Books e será lançado no dia 17 de setembro, em São Paulo, às 18h30.

Em seu 19º livro, Julio Aurelio defende que a diversidade cultural, nos seus aspectos étnicos, sexuais, raciais, religiosos, artísticos e econômicos, deve ser reconhecida como base científica para a transformação das sociedades modernas em sociedades democráticas, colaborando para a renovação das populações dos chamados países desenvolvidos e para a inclusão social, no caso das nações mais pobres.

“Estamos vivendo um momento de explosão da diversidade e os movimentos conservadores que temos observado são uma reação a isso”, explica o pesquisador, que acredita ser exatamente a aceitação das diferenças o caminho para a criação de vínculos fortes e duradouros entre pessoas e grupos sociais.

O lançamento acontecerá na Livraria Martins Fontes, que fica na Avenida Paulista, nº 509. No dia, o autor dará palestra sobre “O Desafio atual da diversidade humana”. A publicação também foi lançada na Bienal do Livro, no Rio de Janeiro, no último dia 7 de setembro.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.