Da Redação

De acordo com uma nova pesquisa da nfpSynergy, encomendada pela instituição LGBT Stonewall, cerca de 60% dos britânicos acreditam que as crianças que estejam estudando nas escolas primárias devam ser ensinadas sobre os diferentes tipos de família, incluindo as famílias LGBTQ+.

O estudo mostrou ainda que os jovens – com idades entre 16 e 24 anos – são os que mais apoiam o ensino inclusivo para LGBTQ+.

O estudo foi realizado após a aprovação da Seção 28 – lei homofóbica introduzida por Margaret Thatcher – ser revogada, mas que ainda afeta o ensino dos pais e relacionamentos LGBTQ+.

No novo estudo, constatou que cerca de 40% dos alunos LGBTQ+ nunca aprenderam nada sobre questões que envolvem a diversidade sexual na escola e 45% sofrem bullying por causa de sua sexualidade.

Paul Twocock, executivo-chefe da Stonewall, disse: “A educação inclusiva pode mudar a vida de muitos jovens, e é por isso que é tão poderoso ver tanto apoio do público britânico na nova legislação. Esse movimento em direção ao ensino inclusivo marca o início do final da era sombria em que a Stonewall está trabalhando desde a nossa fundação, há 30 anos”.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.