Da Redação

Mudar de casa ou de apartamento dá trabalho e nem sempre os gastos ficam dentro do previsto.

Além de encaixotar todos os pertences e separar a mobília que irá para o novo lar, também é exaustivo pesquisar inúmeros orçamentos para contratar a transportadora com o melhor custo-benefício e com garantia de que os itens vão chegar em segurança e sem prejuízos extras.

Pensando em facilitar essa etapa que nasceu o Mudanças Econômicas, site que viabiliza gratuitamente a cotação em diversas empresas de transporte a partir de um único formulário.

“Muitas vezes as pessoas fecham o orçamento por indicação de conhecidos, sem ter noção dos preços praticados pelas outras empresas, e acabam pagando muito mais caro por isso. Ao fazer uma pesquisa é possível economizar até 125% em São Paulo e 83% no Rio de Janeiro”, exemplifica Wagner Cunha, que fundou a plataforma em 2004.

Somente em 2018, ela facilitou a realização de 3,3 mil contratos.

Os principais fatores que influenciam na diferença de valores são a agenda das transportadoras, idade da frota e tamanho da equipe.

Por isso, aquelas que possuem caminhões mais antigos e contam com funcionários ociosos podem apresentar propostas mais vantajosas. É possível, ainda, que diferentes clientes compartilhem o mesmo caminhão quando as origens e destinos são próximos e há flexibilidade nas datas de entrega – o que reduz o custo do frete, já que este será dividido.

A cotação no Mudanças Econômicas é simples: o usuário preenche no site todas as informações pertinentes à mudança, como endereço de saída e chegada, tipo de imóvel, data prevista e os itens a serem levados. Em seguida, o formulário é encaminhado para cerca de dez empresas, e os orçamentos são enviados por e-mail em até 48 horas. A partir daí a negociação é feita diretamente entre o cliente e o contato desejado.

Para garantir a segurança dos usuários, as transportadas parceiras são rigorosamente analisadas. É necessário atuar há no mínimo um ano e meio no mercado e toda a documentação é verificada, assim como a validade do CNPJ do requerente. O site conta com 43 empresas cadastradas em 13 estados do país, dentre eles: São Paulo, Rio de Janeiro, Minas Gerais, Paraná e Distrito Federal.

 

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.