Da Redação

Talvez os novinhos que acompanham este site não saibam. Mas, Lenny Kravitz foi um dos ícones da música durante os anos 1990 e, por isso, tem uma exposição só dele em São Paulo.

Aberta ao público desde o dia 5 de abril, no Leica Gallery São Paulo, a mostra Flash, de Lenny Kravitz reúne 25 obras ao todo com peças únicas e exclusivas.

Criadas ao longo de algumas turnês, a mostra reúne registros que Lenny produziu enquanto era fotografado pela imprensa ou mesmo por alguns fãs, fotografando-os de volta. O resultado é um trabalho que poderá ser visto até 5 de junho.

Usando sua própria câmera, que o acompanha desde os 18 anos, o astro da música eternizou momentos únicos, talvez sentidos apenas por aqueles que, como ele, vivem sob os flashes, sob a mira de uma câmera.

Expostas em São Paulo, as obras deram origem a um livro homônimo à mostra: Flash. São 50 páginas com cerca de 40 fotografias, e estará disponível na galeria.

Valéria Blay, à frente da única Leica Gallery da América Latina, explica que essa mostra é “uma excelente oportunidade para conhecer outro lado do artista. Lenny Kravitz é um ´artista´ em todo o sentido da palavra: músico, compositor, ator, fotógrafo, diretor de arte, designer, entre tantos outros talentos que podemos atribuir a ele.  A fotografia fez e faz parte de sua vida e ele se apoderou destes momentos de intimidade com a câmera para contar um pouco de sua trajetória. Flash é o primeiro livro/ exposição de muitos que ainda virão”, comemora a empresária.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.