Da Redação

Tony Perkins, assessor do Presidente dos Estados Unidos Donald Trump, afirmou que as bandeiras de transgêneros que voam no Capitólio são uma visão “desagradável”.

O assessor de liberdade religiosa de Trump, Tony Perkins, afirmou que as bandeiras de transgêneros que voam no Capitólio são uma visão “desagradável”.

As bandeiras foram colocadas como uma forma de protesto contra a proibição de pessoas trans servindo as Forças Armadas dos Estados Unidos.

Porém, o protesto, que foi organizado pelo Centro Nacional para a Igualdade Transgender, não foi visto com bons olhos por Tony, que foi nomeado por Donald Trump para a Comissão dos EUA sobre Liberdade Religiosa Internacional.

As bandeiras foram colocadas como uma forma de protesto contra a proibição de pessoas trans servindo as Forças Armadas dos Estados Unidos. (Foto: Divulgação)

Em um blog , o líder do Conselho de Pesquisa da Família anti-LGBT afirmou que as bandeiras são “chocantes” e “desagradáveis”.

Ele escreveu: “É uma visão chocante no 5º andar do prédio de escritórios da Longworth House. Um mar de bandeiras azuis e cor-de-rosa saúda a todos que passam – uma lembrança desagradável de onde estão as prioridades da nova maioria. Não que alguém realmente precisasse lembrar”.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.