Da redação

A embaixadora do Brasil na Organização das Nações Unidas (ONU), Maria Nazareth Farani Azevedo, e o ex-deputado federal Jean Wyllys (PSOL-RJ) protagonizaram um bate-boca durante um debate promovido pela ONU em Genebra, na Suíça.

Maria Nazareth interrompeu o evento, que tinha Wyllys entre os convidados, para ler um discurso em que defende o governo Jair Bolsonaro. A embaixadora chegou a combinar o assunto com o Itamaraty. Num telegrama a Brasília, ela defendeu que deveria ser enviado um diplomata graduado ao evento, mas nem o Itamaraty imaginou que ela própria se destacaria para o enfrentamento com Jean, ou seja, jogaram totalmente errado.

Ruim para o governo.

O jornalista Jamil Chade, do portal UOL, filmou parte da discussão e publicou uma nota sobre o caso em seu blog.

Se você tiver Twitter, clique aqui.

Se não, veja aqui, no Correio Braziliense.

Muita atenção, pois s embaixadora foi cotada para ser a chanceler. Se Ernesto Araújo balançar no cargo, ela segue no páreo, ainda mais depois deste final de semana, quando ganhou diversos elogios da ministra Damaris.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.