Da Redação

O Brasil tem o Congresso mais conservador do país desde 1964 e, talvez, essa realidade não mudará muito em 2018. No entanto, você pode levar ao Congresso Nacional candidatos que apoiam as causas LGBT.

Segundo dados da Aliança Nacional LGBTI+ o número de candidatos LGBT cresceu 386% nas eleições de 2018, somando 160 candidatos que buscam ocupar cargos legislativos, como para deputado estadual e federal.

Mais de 20% desses candidatos estão no PSOL, assim como 16% no PT e 13% no PCdoB.

A Aliança Nacional LGBTI+ também iniciou um projeto para angariar candidatos e candidaturas simpatizantes à causa.

Dois candidatos à presidência já assinaram o compromisso: Ciro Gomes (PDT) e Guilherme Boulos (PSOL).

Entre os candidatos ao Senado, já são nove simpatizantes. Entre os governadores, são quatro os que já assinaram o compromisso da entidade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.