Por Vinicius Martins e Andrei Teixeira

Pabllo Vittar na Parada (Divulgação)

Domingo, 3 de junho, é o dia de “invadir a Avenida Paulista” com a 22ª Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que tem o slogan “Poder para LGBTI+, Nosso Voto, Nossa Voz”.

Em ritmo de festa, com trios elétricos e muita alegria, a Parada LGBT deste ano leva às ruas da capital paulista o poder e a demandas da diversidade, pois buscar representatividade política é objetivos essencial pra garantia das nossas conquistas e lutar por mais EQUIDADE (e não por igualdade).

Parada LGBT SP: Greve e falta de combustível não deve atrapalhar

“Não podemos deixar o Brasil voltar para o passado. A sociedade brasileira, não só a LGBT, conquistou muitos direitos e não podemos sofrer um retrocesso. Infelizmente, nossa representatividade nos setores governamentais é muito baixa, precisamos mudar esse quadro”, disse Claudia Regina, Presidente da APOGLBT-SP (Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo), durante o lançamento oficial da Parada no centro da capital paulista.

Mesa formada pelos patrocinadores Uber e Skol, representantes do governo e da APOGLBT-SP (Foto: Vinicius Martins)

“É um tema necessário porque o mundo vive uma onde de conservadorismo que ameaça direitos conquistados. Por isso, é importante não apenas ter o discurso, mas praticar a tolerância, isso é democracia”, trouxe Marcio Fernandes Elias Rosa, secretário da Justiça do Estado de SP.

Uber leva Pabllo Vittar para Parada Gay de SP

Tchaka abre a Parada (Divulgação)

A maior Parada LGBT do Brasil também impacta positivamente o turismo de São Paulo, que ganha milhões de turistas nacionais e internacionais e injeta milhões nos cofres da cidade.

“O turismo é impactado diretamente pela Parada. O evento atrai muitos turistas que usam os serviços como hotéis, bares, restaurantes, casas noturnas e também o comércio local. Em 2017, a Parada LGBT gerou R$ 60 milhões”, afirmou a presidente da APOGLBT-SP.

Com um orçamento de R$ 5,3 milhões, a Parada LGBT deste domingo terá 18 carros. Entre as atrações está a drag queen Pabllo Vittar, que é uma das surpresas da Uber, patrocinador oficial pela 3ª vez. Além disso, a Uber trará também Preta Gil, Mulher Pepita, Lia Clark e April Carrion (6ª temporada de RuPaulDRag Race).

No trio Uber, April Carrion também mostra seu talento na Parada Gay de SP (Foto: Divulgação)

Em paralelo, a Skol (também patrocinadora oficial), ainda não divulgou suas atrações, mas prometeu novidades na avenida. Além disso, a Accor Hotels promoverá diversos brunchs e coquetéis em seus hotéis.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.