Parada LGBT SP: Greve e falta de combustível não deve atrapalhar

Trios não devem ficar parados na Avenida Paulista, que receberá a Parada do Orgulho LGBT neste domingo

0
668

Por Vinicius Martins

A greve dos caminhoneiros que atinge todos os setores do Brasil não deve interferir no andamento da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo, que acontecerá neste domingo,3 de junho.

Segundo Claudia Regina, Presidente da APOGLBT-SP (Associação da Parada do Orgulho LGBT de São Paulo), durante o lançamento oficial da Parada no centro da capital paulista, os trios já foram abastecidos e devem seguir pela Avenida Paulista sem nenhum problema. “A Parada começou com uma grande manifestação. Os trios já foram abastecidos, mas caso aconteça algum imprevisto vamos fazer a Parada de São Paulo caminhando pela Avenida Paulista”, enfatizou.

Sobre as caravanas organizadas para o evento ela afirma que elas devem chegar tranquilamente, porém se isso não acontecer “no máximo não chegaremos a 4 milhões de pessoas”, relatou com muita tranquilidade.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.