Que alvo é esse, Jojo? –> Publicidade

Funkeira que virou hit do verão já estreia em novas campanhas durante e depois do Carnaval

0
131

Da redação

Primeiro grande sucesso da música brasileira em 2018, a funkeira Jojo Toddynho, do hit “Que Tiro Foi Esse?”, tornou-se também uma das musas do carnaval 2018. Êxito nas rádios e também no YouTube – onde seu videoclipe já passou de 113 milhões de visualizações –, a música criada pelo produtor Batata já teve versões gravadas por bandas instrumentais e por grupos de rock.

Toda essa repercussão permitiu que os responsáveis pela carreira da cantora mirassem um novo alvo: a publicidade.

Somente nas últimas duas semanas, a funkeira de 20 anos apareceu em três campanhas publicitárias. Tudo começou com uma ação para a marca de vitaminas Lavitan, do laboratório brasileiro Cimed, no fim de janeiro. Jojo apareceu de surpresa em uma academia de São Paulo e participou de uma aula especial ao lado de celebridades para evidenciar a “energia” proporcionada pelo produto.

Na última semana, as ações publicitárias estreladas por ela ficaram mais ambiciosas. A agência AlmapBBDO, dona da conta das sandálias Havaianas, escolheu Jojo como personagem da ativação de carnaval que a marca montou dentro da linha amarela do metrô paulistano.

Na última sexta-feira, outra empresa conhecida por apostar em rostos populares em suas campanhas, o aplicativo de delivery iFood, também colocou no ar uma campanha calcada no hit de Jojo. O filme com a funkeira, que traz uma versão do hit batizada de Que Pedido Foi Esse?, será a principal ativação de carnaval do app. Segundo o gerente de publicidade do iFood, Bruno Andrade, a ação foi desenvolvida em três semanas.

A fila de empresas que querem se associar a Jojo Toddynho, porém, está em crescimento. A agente da cantora, Tatiana Diniz, das empresas Ponto Três e Conteúdo Digital, diz que as novas negociações vão ficar para depois do carnaval – até para evitar a superexposição. “Temos outras ofertas na mesa, e de grandes marcas.”

Dependendo do êxito da cantora até a quarta-feira de Cinzas, a espera pode significar uma inflação considerável no cachê de Jojo. As partes envolvidas não revelam o quanto a cantora cobrou para aparecer em campanhas publicitárias, mas o Estado apurou que, em uma delas, o cachê girou em torno de R$ 50 mil.

Deixe uma resposta