Da Redação

O Natal é historicamente considerado uma das principais datas para o varejo eletrônico. De acordo com a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm), a estimativa de faturamento neste ano é de R$ 8,428 bilhões – um crescimento de 12% em relação ao ano passado.

No total, a expectativa é que as lojas virtuais brasileiras recebam mais de 27 milhões de pedidos, com tíquete médio de R$ 308. As categorias mais buscadas devem ser “Informática”, “Celulares”, “Eletrônicos”, “Moda e Acessórios” e “Casa e Decoração”. A previsão leva em conta as compras realizadas entre os dias 20 de novembro e 22 de dezembro.

“O e-commerce brasileiro registra um ritmo muito bom de crescimento, o que deve se refletir nas comemorações natalinas, encerrando o ano com um grande impulso. O período demanda condições especiais e produtos exclusivos, tornando-se muito atrativo para os consumidores, principalmente nesse momento de retomada da economia nacional”, comenta Mauricio Salvador, presidente da ABComm.

Para Salvador, o e-commerce tem muito o que comemorar e colhe os louros atualmente, já que as pessoas estão cada vez mais confiantes em adquirir produtos on-line. “A segurança do usuário tende a aumentar conforme datas representativas são bem-sucedidas e oferecem boas condições.”

Deixe uma resposta

WordPress spam blocked by CleanTalk.